Tag: Soberania em Debate

Featured Video Play Icon

Soberania em debate – Violência e Criminalidade; o caso do Rio

A ocupação da Rocinha pelas Forças Armadas não vai acabar com a violência na comunidade, nem na cidade, alerta o coronel do Exército Ivan Fialho, professor e pesquisador da Escola Superior de Guerra (ESG). “É um problema cultural e social; só será resolvido com políticas públicas e apoio da sociedade”, afirmou, durante o Soberania em Debate, evento realizado no dia 26 de setembro pelo movimento SOS Brasil Soberano, que também teve participação do coronel Costa e Silva, chefe da Inteligência na ESG, do historiador Francisco Teixeira e do sociólogo Paulo Baía, com mediação da jornalista Camila Marins.

Leia mais »

Força militar não resolve a criminalidade; é preciso inteligência e política, diz coronel do Exército

A ocupação da Rocinha pelas Forças Armadas não vai acabar com a violência na comunidade, nem na cidade, alerta o coronel do Exército Ivan Fialho, professor e pesquisador da Escola Superior de Guerra (ESG). “É um problema cultural e social; só será resolvido com políticas públicas e apoio da sociedade”, afirmou, nesta terça (26), durante o Soberania em Debate, evento do movimento SOS Brasil Soberano, que também teve participação do coronel Costa e Silva, chefe da Inteligência na ESG, do historiador Francisco Teixeira e do sociólogo Paulo Baía, com mediação da jornalista Camila Marins.

Leia mais »

Soberania em Debate – Violência e criminalidade no Brasil – o caso do Rio de Janeiro

O movimento SOS Brasil Soberano, apoiado pelo Senge-RJ e pela Fisenge, lança a segunda etapa do seu trabalho de mobilização, resistência e reflexão de temas nacionais, com uma roda de debates quinzenal, o Soberania em Debate. A primeira edição reunirá nesta terça-feira (26), às 14 horas, o professor da UFRJ, Paulo Baía, e o coronel do Exército, Ivan Fialho, para tratar da questão da violência no país, especialmente no Rio de Janeiro, que vive uma situação de guerra. Sem público presente, com duração aproximada de 1h45 min, o debate será transmitido pela internet, na página do SOS Brasil Soberano no Facebook, aberto a perguntas que cheguem por twitter, zap ou e-mails, além de reproduzido posteriormente em vídeo.

Leia mais »