Categoria: Notícias

Universidades federais reafirmam defesa da democracia e dos direitos humanos

Universidade federais se posicionam pela democracia, pela autonomia de cátedra, pelas liberdades e pelos direitos assegurados na Constituição. De acordo com a reitoria da UFRJ, “em declaração pública , as reitoras e os reitores das Universidades Federais brasileiras, reunidos na ANDIFES, reafirmaram o compromisso inquebrantável com o desenvolvimento social da Nação e, de modo igualmente categórico, com a democracia como valor civilizatório e fundamento dos direitos humanos.”

Não se trata de um pronunciamento protocolar. O conhecimento científico, tecnológico, cultural e artístico somente viceja em ambientes democráticos, de irrestrita liberdade de cátedra e de plena liberdade de ensino e de aprendizagem. Na mesma declaração, manifestam seu compromisso com os preceitos constitucionais que asseguram as liberdades democráticas que conformam o ambiente universitário, como expresso na CF, 1988.

Leia mais »

Engenheiros do Rio se posicionam contra o fascismo, a favor dos direitos humanos

O Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ) divulgou nota repudiando a escalada de violência política e posicionando-se a favor da democracia e dos direitos humanos. “Abominamos o fascismo”, diz a nota, que aponta a estratégia de substituir o debate de ideias por intimidação. Lembra, ainda, a ditadura chilena, que recorreu à força bruta para impor um programa econômico contrário à soberania nacional.

Leia mais »

Senado rejeita privatização de seis distribuidoras da Eletrobras

O Plenário do Senado rejeitou nesta terça-feira (16) o projeto que permitiria a privatização de seis distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras (PLC 77/2018). De autoria do governo federal, o texto pretendia contornar pendências jurídicas para atrair investidores para as empresas, principalmente as instaladas na região Norte.

Leia mais »

Colóquio do Instituto dos Advogados Brasileiros debate nesta terça (9) os 30 anos da Constituição

Nesta terça-feira (9) o Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) realiza o I Colóquio 30 Anos da Constituição Federal, no plenário da entidade. Participa do evento o advogado e cientista político Jorge Folena, coordenador do SOS Brasil Soberano, movimento idealizado pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ) e pela Federação Interestadual dos Sindicatos de Engenheiros (Fisenge). O ex-senador Bernardo Cabral, relator da Constituição de 88, dará conferência no colóquio contando “bastidores da Assembleia Nacional Constituinte”.

Leia mais »

Mayrinkellison Peres Wanderley: Golpes no Brasil – fascismo e retrocessos aos avanços democráticos

“Às vésperas das eleições presidenciais mais tensas da histórica recente do Brasil, a nostalgia por governos autoritários e o inconformado ódio à esquerda brasileira capitaneados por um novo messias militar revelam o estado patológico a que chegou a sociedade, que está disposta a abrir mão de suas liberdades a tanto custo conquistada e ceder a desejos de uma minoria abastada que, oferecendo o céu da ordem e do progresso, tem por cardápio o pão que o diabo amassou”, escreve o historiador Mayrinkellison Peres Wanderley. “A sociedade organizada precisa acordar do seu torpor (…).”

Leia mais »

O historiador Sidnei Munhoz analisa as relações internacionais do Brasil em um novo governo popular democrático

“O Brasil sob um novo governo popular democrático e de reconstrução da soberania nacional deverá retomar uma estratégia no campo das relações internacionais que, de um lado, valorize as negociações multilaterais e, de outro, demarque claramente os seus interesses como potência emergente”, escreve o historiador Sidnei Munhoz. “Para fazê-lo, o país deverá adotar estratégias com vistas a recuperar a sua proeminência no cenário internacional duramente erodidas pela subserviência às potências tradicionais durante o período do governo ilegítimo de Michel Temer. Isso não será tarefa fácil, uma vez que a diplomacia do país assumiu compromissos antinacionais associados aos interesses do grande capital internacional e das chamadas potências centrais.”

Leia mais »