Tag: Direitos sociais

Marcado na testa como gado

Em artigo no blog do jornalista Marcelo Auler, o psiquiatra e psicanalista Régis Eric Maia Barros analisa o recente episódio em que um jovem foi marcado na testa como gado. “Nos últimos dias, eu me lembrei de um querido professor o qual foi muito importante na minha formação em psiquiatria e psicoterapia. Ele, assim, afirmava: ‘nada que advém do ser humano pode ser considerado bizarro, pois tudo é possível’. Com essa reflexão, ele tentava provar que o ser humano é capaz de tudo. Ele estava certo. De fato, nada mais é capaz de me assustar. Nada mais me causa espanto, visto que, enquanto espécie, nós somos aptos a realizar os comportamentos mais dantescos. Inclusive, até mesmo, aqueles que nós julgamos impossíveis de realizarmos.”