Pedido de CPI da Previdência chega à Mesa do Senado

Pedido de CPI da Previdência é protocolado no Senado

Pedido de CPI da Previdência é protocolado no Senado

O senador Paulo Paim protocolou nesta terça (21), na Secretaria-Geral da Mesa do Senado Federal o pedido de criação da CPI da Previdência. O parlamentar conseguiu 55 assinaturas de apoio à comissão de inquérito, cujo objetivo é esclarecer as receitas e as despesas, os desvios, desonerações, desvinculações e sonegações no setor.

“Quero mostrar que não há déficit, basta cobrar daqueles que não estão pagando”, afirmou Paim. “E se for o caso, cadeia para quem está roubando dinheiro dos aposentados e dos trabalhadores. O Brasil tem o direito de saber o que está dentro dessa verdadeira caixa-preta.”

Com duração de 120 dias, a CPI tem poderes de investigação próprios de autoridades judiciais. Pode convocar pessoas para depor, ouvir testemunhas, requisitar documentos e determinar diligências, entre outras medidas. O senador acredita que os trabalhos tenham início até a metade do mês de abril.

Você pode gostar...