“A destruição da Petrobras não interessa ao país”, diz diretor do Senge-MG

Marcos Túlio de Melo, engenheiro, diretor do Sindicato dos Engenheiros no Estado de Minas Gerais (Senge-MG) — “(…)Soberania é a garantia de que nós tenhamos um debate nacional, onde as soluções tenham a perspectiva do interesse nacional; e com o trabalho e a discussão daqueles que nele estão envolvidos e não a dependência de outras potências, de outros interesses internacionais, como o processo em curso que hoje acontece. A destruição da Petrobras não interessa ao país, à nossa perspectiva de futuro, a entrega das reservas mineirais como petróleo, minério de ferro, nióbio em Minas Gerais, entre várias outras, certamente tem que ser um debate que nós façamos para poder garantir a perspectiva de futuro do nosso país e das futuras gerações. Soberania é fazer este debate com vista ao interesse nacional e não na dependência que hoje se estabelece a interesses outros que não os do pais e da nossa população.”

Você pode gostar...