A verdadeira “Esperança Equilibrista”

Foto: Mariana Blanc

“Estamos sendo mortos”, alerta o compositor Aldir Blanc, em entrevista à jornalista Lidia Pena,com exclusividade para o SOS Brasil Soberano. “Estamos sendo mortos – a palavra é essa mesma – nesses  momentos em que corruptos e vendilhões, de Temereca a Pedro Parente Deles, nos fatiam a preço vil. Nunca me conformarei. NUNCA!” Aldir comenta ainda a ação da PF na UFMG e outros acontecimentos lamentáveis do cenário nacional. Ele acredita que as ruas ainda vão acordar e que aqueles que estão propondo o leilão do Brasil “se arrependerão”.

SOSBS: O ato de força que levou para depor o reitor da UFMG, Jaime Arturo Ramirez, e membros de sua equipe, provocou uma onda de protestos, incluindo a nota que você e João Bosco soltaram. Os “podres poderes” estão sem limite, fazem o que querem, e nós, mortais cidadãos, parecemos cada vez mais acuados. Como você analisa este momento?

Aldir Blanc: A repressão, nas suas diferentes formas, pode me ganhar na bala, na intimidação na porrada, mas JAMAIS vai me vencer na ironia, chacota, galhofa diante dessa merda que está aí corrompendo e vendendo nosso país e sufocando nossos pobres, os despossuídos que não detêm mais de 50% da riqueza nacional. Estamos sendo mortos – a palavra é essa mesma – nesses  momentos em que corruptos e vendilhões, de Temereca a Pedro Parente Deles, nos fatiam a preço vil. Nunca me conformarei. NUNCA!

SOSBS: O colunista da Folha de S. Paulo, Leandro Narloch, propôs esta semana vender a soberania de partes do território do Brasil para resolver as finanças do país. “Temos espaços demais e gastamos um bom trocado vigiando tantas terras e fronteiras”… e por aí foi. Como responder a tamanho absurdo?

Aldir Blanc: Com as ruas, infelizmente, paralisadas no momento. Mas acordarão. A roubalheira é tão grande que acordarão. E os que propõem o leilão do Brasil se arrependerão. Li que o púbico e notário Arminho Praga também propôs vender em pedaços a Petrobras, baseado no “sucesso” da Vale. Qual sucesso? O samarcal, 19 homicídios impunes , que esmerdalhou uma área enorme do país e já está sufocando o santuário ecológico de Abrolhos? Sugiro aos leitores que vejam no mapa onde fica Abrolhos, para que dimensionem o tamanho monstruoso do crime cometido por Vale, Samarco e multinacional corrupta.

SOSBS: E ainda há o grupo que só vê saída com a volta dos militares. Que recado dar a essa “tendência”?

Aldir Blanc: Como escreveu recentemente meu amigo Luiz Fernando Veríssimo, na ditadura tínhamos um coronel sujo à frente de cada estatal. Por que desejar a volta dessa porcaria torturadora e assassina???

Você pode gostar...