Tag: Simpósio

Privatização da Eletrobras desarticula o sistema e põe a perder as vantagens competitivas do país

A privatização da Eletrobras desarticula o sistema, retira o Estado do setor – ao contrário da tendência global –, e põe a perder as vantagens competitivas brasileiras para uma futura transição de matriz energética para um modelo de menor custo ambiental. A avaliação é de Ronaldo Bicalho, especializado em política energética, que participa no próximo dia 24 do V Simpósio SOS Brasil Soberano.

Leia mais »

O setor elétrico será tema do V Simpósio SOS Brasil Soberano

O ciclo de simpósios do movimento SOS Brasil Soberano, que aborda o grave momento que o país enfrenta, por meio da discussão de assuntos relevantes para a retomada do crescimento, chega à sua quinta edição. O tema, agora, é o Setor Elétrico – qual o melhor modelo para o Brasil. Realizado pelo Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ) e pela Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge), em novo formato, o simpósio acontece no próximo dia 14, das 9h às 14h, transmitido on-line pelo Facebook*. O público pode acompanhar e fazer perguntas via internet. Participam o professor e engenheiro José Antonio Feijó de Melo, o economista Ronaldo Bicalho, o jornalista e escritor Waldimir Pomar. Na plateia, entre os debatedores convidados, a jornalista Alexania Rossato, da direção nacional do Movimento dos atingidos por barragens/MAB; o contra-almirante Alan Paes Leme; o Coronel da Reserva Remunerada do Exército Brasileiro, Paulo Roberto Costa e Silva; e o professor Newton Oliveira, coordenador-geral da Pós-Graduação da Faculdade Presbiteriana Mackenzie.

Leia mais »

Cientista político da UFMG critica sentença de Moro e analisa a “supremacia judicial”

“O Brasil está neste momento interditado pelo mercado e pelo Poder Judiciário, em um regime de supremacia judicial”, diz o cientista político Leonardo Avritzer, professor da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). “A chave fundamental da conjuntura não é mais o projeto político. Depois de quatro vitórias do PT, ligadas a um projeto de país, a Operação Lava Jato produz esse efeito: não vamos mais discutir o Brasil, mas quem é inocente e quem é culpado. Julgamos o sistema político de acordo com esse objetivo. E é isso que está posto em relação ao Lula.”

Leia mais »

O repertório do retrocesso: aculturação, perda de identidade e censura

À captura do governo brasileiro por políticas ultraliberais corresponde uma ação simultânea no campo da cultura, que articula a diluição simbólica da identidade das populações e a volta da censura, exercida até agora com mais intensidade, mas não só, contra professores. Embora o projeto do ‘Escola Sem Partido’ ainda esteja em discussão no Congresso, já vem sendo implantado na prática, alerta Hermes Leão, presidente do APP Sindicato. Segundo ele, já são 10 mil professores, alunos e funcionários denunciados no Paraná, e 3 mil sindicâncias abertas.

Leia mais »