Tag: Engenharia

Comunicado oficial da Fisenge: Engenharia nacional e a greve dos caminhoneiros

“Vargas precisa desistir da Petrobras”. Esta frase foi proferida, em 1954, por Assis Chateaubriand, dono do maior conglomerado da mídia brasileira na época, o “Diários Associados”, que implementou ampla campanha contra o caráter estatal da empresa. Hoje, com 65 anos de fundação, a Petrobras vive uma de suas maiores crises. Isso porque, em outubro de 2016, o governo federal e o presidente da empresa, Pedro Parente, adotaram uma política de preços para os derivados sem proteção ao consumidor e, em junho de 2017, anunciaram reajustes diários nos preços. (…)É urgente o posicionamento da engenharia nacional pelo recuo da política de paridade internacional nos preços dos derivados. Também reivindicamos o aumento do volume de petróleo refinado em território nacional. ” Confira a nota da Fisenge.

Leia mais »

Paralisação de caminhoneiros é locaute e também é greve; liderado pela direita, ecoa problema real da população, diz jornalista Breno Altman

A paralisação dos caminhoneiros e de outros profissionais de transporte é greve ou é locaute? As duas coisas, diz o jornalista Breno Altman, diretor do site Opera Mundi, durante o Soberania em Debate, promovido pelo SOS Brasil Soberano nesta quinta-feira (24). “É a combinação de três movimentos. Um movimento de corte patronal, dos grupos de transporte e de logística, pressionando para reduzir o valor do combustível, em especial do diesel; uma greve de autônomos (motoqueiros, motoristas de VANs etc); e dos trabalhadores das empresas transportadoras, que também são atingidos pela situação, com demissões e grandes restrições salariais.”

Leia mais »

Petroleiros vão votar greve contra privatização das refinarias do Sul e Nordeste

Os petroleiros vão realizar assembleias de 2 a 12 de maio para votar greve nacional da categoria contra a privatização do parque de refino da Petrobras no Sul e Nordeste, anunciada no dia 19 pela direção da estatal.  A proposta é vender até 60% da participação acionária nas refinarias Repar, no Paraná, Abreu e Lima, em Pernambuco, Landulpho Alves, na Bahia, e Alberto Pasqualini, no Rio Grande do Sul. A privatização inclui 12 terminais terrestres e aquaviários. O controle da estatal na área de refino ficaria mantida apenas nas unidades do Sudeste.

Leia mais »

Está aberta chamada para publicação de artigos em revista da Fisenge

Foi aberta, no dia 6/4, uma chamada pública para envio de artigos para a revista da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge). A publicação receberá artigos sobre engenharia e sociedade, que serão avaliados pelo Conselho Editorial da Federação. De acordo com o engenheiro e presidente da Fisenge, Clovis Nascimento, a chamada pública é um dos primeiros passos para o reposicionamento da estratégia de comunicação da entidade. “Queremos promover uma comunicação participativa, que possibilite aproximar os engenheiros e as engenheiras dos sindicatos”, afirmou. No projeto de repaginação, também está a mudança da identidade visual e editorial da revista e do boletim eletrônico, além do lançamento de um aplicativo da Fisenge. “Neste ano, a nossa Federação completa 25 anos de fundação e teremos uma agenda de atividades políticas e culturais e lançamentos de ferramentas de comunicação”, concluiu. Nesta primeira chamada, os artigos poderão ser enviados até o dia 20 de abril para o e-mail: comunicacao@fisenge.org.br. Clique para mais orientações.

Leia mais »

Assistência técnica para habitação de interesse social pode abrir mercado de trabalho para engenheiros

Mais de 85% dos brasileiros constroem e reformam imóveis sem orientação de engenheiros, arquitetos e urbanistas, de acordo com pesquisa do Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) e Instituto DataFolha, em 2015. Com o objetivo de debater essa realidade, engenheiros e arquitetos promoveram a oficina “Assistência Técnica para Habitação de Interesse Social, no dia 17/3, durante o Fórum Social Mundial, em Salvador (BA).

Leia mais »

“Querem destruir a engenharia nacional”, diz ex-governador da Bahia, Jaques Wagner

O ex-governador da Bahia, Jaques Wagner, afirmou que há um movimento no país de destruição da inteligência e da tecnologia nacional. “Querem transformar o Brasil em um mero fornecedor de commodities. Estamos vendo a nossa inteligência sair do país. Querem entregar, para destruir a engenharia”, afirmou, durante  debate no segundo dia (14/3) do Fórum Social Mundial (FSM), em Salvador. Uma saída para a crise, contudo, poderá vir depois de outubro (com as eleições), enfatizou. 

Leia mais »