Palestrantes

III Simpósio SOS BRASIL SOBERANO
Quais Reformas e Para Quê?
Dias : 8 de junho de 2017
Hora: 9h às 17h
Local: auditório Paulo Camillo de Oliveira Penna, do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG)
End.: Rua da Bahia, 1600, Centro – Belo Horizonte (MG)

Mesa de abertura

Clovis Nascimento – Presidente da Fisenge
Jobson Andrade – Presidente do Crea-MG
Marcos Túlio – Senge-MG, coordenador do SOS Brasil Soberano
Marília Campos – Deputada estadual (PT)
Raul Otávio da Silva Pereira – Presidente do Senge/MG

Mesa 1 – Soberania ou Dependência

João Pedro Stédile – Graduado em Economia pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, e pós-graduado pela Universidade Nacional Autônoma do México. É membro da direção nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), do qual é também um dos fundadores. Participa das atividades da luta pela reforma agrária no país, pelo MST e pela Via Campesina. Atuou como membro da Comissão de Produtores de Uva, dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais do Rio Grande do Sul, na região de Bento Gonçalves. Assessorou a Comissão Pastoral da Terra (CPT) no Rio Grande do Sul e em âmbito nacional. Trabalhou na Secretaria da Agricultura do Rio Grande do Sul.

Jorge Rubem Folena de Oliveira – Graduado em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com Mestrado em Direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e Doutorado em Ciência Política pelo IUPERJ. Integrou o Conselho Administrativo de Recursos Fiscais do Ministério da Fazenda, como representante dos contribuintes (2016). É professor de Ciência Política e Filosofia do Direito na Faculdade de Direito da Universidade Cândido Mendes, Campus Nova Friburgo. É advogado militante, membro efetivo do Instituto dos Advogados do Brasil/IAB e diretor de Direitos Humanos da Casa da América Latina.

Clélio Campolina Diniz – Graduado em Engenharia Mecânica e Engenharia de Operação pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais; Especialización Desarollo y Planificación pelo Instituto Latinoamericano de Planificacion Económica y Social; mestrado e doutorado em Ciência Econômica pela Universidade Estadual de Campinas; e pós-doutorado pela University Of Rutgers. Visiting Fellow da London School of Economics and Political Science. Ex-diretor da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG e do Parque Tecnológico de Belo Horizonte (BHTEC); ex-coordenador da área de economia e membro do CTC da CAPES. Ex-presidente da Câmara de Ciências Sociais Aplicadas da FAPEMIG . É professor emérito da FACE-UFMG; foi reitor da UFMG (2010/2014) e ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação (2014).

Fernando Brito – Jornalista, edita o Blog Tijolaço, assim batizado em homenagem aos textos publicados pelo ex-governador Leonel Brizola, de quem foi assessor de 1982 até a morte do político gaúcho, em 2004. Atuou em O Globo, Tribuna da Imprensa e Última Hora, no final dos anos 70 e início dos 80. Escolhido o Jornalista do ano, em 2015, pelo Blog do Mello.

Coordenação – Raul Otávio da Silva Pereira – Presidente do Senge/MG

Mesa 2 – 14h às 17h
Trabalho, Demografia e Previdência no Brasil

Antonio Tadeu Ribeiro de Oliveira –  Graduado em Estatística pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, com mestrado em Planejamento Urbano e Regional pelo Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano e Regional, e doutorado em Demografia pela Universidade Estadual de Campinas. Pós-doutorando no Departamento de Ecologia Humana e População da Universidade Complutense de Madri. Atualmente é Pesquisador da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Tem experiência na área de Demografia, com ênfase em Componentes da Dinâmica Demográfica, atuando principalmente em migrações internacionais, migração interna e tendência populacional.

Clemente Ganz Lúcio – Sociólogo, graduado em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Paraná e formado em Edificações na Escola Técnica Federal do Paraná. É diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (Dieese); membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES) e colunista do site Brasil Debate. Foi coordenador da Pastoral da Juventude de Curitiba, da Pastoral da Juventude do Paraná e atuou na Coordenação da Pastoral da Juventude da Região Sul do Brasil. Trabalhou também na Comissão de Justiça e Paz do Paraná.

Ronaldo Lessa – Formado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Alagoas, trabalhou em obras como a reforma da Refinaria de Duque de Caxias, do terminal marítimo da Baía de Ilha Grande, do Metrô do Rio de Janeiro e da Ponte Rio-Niterói. Foi presidente da Federação Alagoana de Desporto Universitário (FADU). Político, ex-prefeito de Maceió, ex-governador de Alagoas por dois mandatos, atualmente deputado federal (PDT-AL).

Jô Moraes – Deputada federal eleita para o terceiro mandato por Minas Gerais (2006, 2010 e 2014) e membro do Comitê Central do PCdoB desde 1982. Integra a Comissão Executiva Nacional da legenda. Foi coordenadora da Comissão Pró-Federação de Mulheres de Minas Gerais, presidente fundadora do Movimento Popular da Mulher de Belo Horizonte, coordenadora executiva do Conselho Estadual da Mulher e primeira presidente da União Brasileira de Mulheres. Eleita vereadora de Belo Horizonte em1996 e 2000, atuou nas Comissões de Saúde e de Direitos Humanos da Câmara Municipal. Em 2002, foi eleita deputada estadual, ocupando a vice-liderança do Bloco PT/PCdoB. Na Assembleia Legislativa, integrou a Comissão de Administração Pública e presidiu a Comissão para Assuntos do Mercosul.

Aloísio Lopes – Jornalista e mestre em Administração Pública pela Fundação João Pinheiro. Atua no Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação/MG, uma articulação de movimentos e entidades da sociedade civil que atuam desde 1991 com vistas a democratizar as comunicações no país. Foi primeiro secretário da Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj) e ex-presidente do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de MG (2002/2007).

Coordenação –  Clovis Nascimento – Presidente da Fisenge

 

********************

II Simpósio SOS Brasil Soberano
Engenharia, tecnologia e aproveitamento de recursos naturais no Brasil
Dia: 27/04/2017
Hora: 9h às 18h
Local: Escola Politécnica da Universidade Federal da Bahia – Auditório Leopoldo Amaral

Cerimônia de abertura – 9h00 às 9h30m

Clovis do Nascimento – Presidente da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge)
Luciene da Cruz Fernandes – Presidente da Associação de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior da Bahia (Apub Sindicato)
Ubiratan Félix – Presidente do Senge/Bahia
Eleonora Lisboa Mascia – 1ª Vice-presidente da Federação Nacional de Arquitetos e Urbanistas (FNA)
Manoel Barretto – Ex-presidente do CPRM, ex-diretor do Senge/BA e Fisenge, coordenador do SOS Brasil Soberano
Caiuby Alves da Costa – Presidente do Instituto Politécnico da Bahia
Tatiana Bittencourt Dumêt – Diretora da Escola Politécnica da Bahia
Marco Antonio Amigo – Presidente do CREA/Bahia
Maria del Carmen – Deputada estadual  (PT-BA)

Exposição sobre o SOS Brasil Soberano pelo historiador e professor Francisco Carlos Teixeira, da UFRJ, um dos coordenadores do projeto

Mesa 1 – 9h30 às 12h30
O papel das empresas estatais e privadas no país soberano

Valter Pomar – Professor, graduado em História, mestre e doutor em História Econômica pela Universidade de São Paulo. Atuou no Instituto Cajamar como um dos responsáveis pela área de formação política, e um dos redatores do jornal Brasil Agora. Foi secretário de Comunicação no PT/São Paulo e de Cultura, em Campinas. Comandou a Secretaria de Relações Internacionais do PT e ocupou o cargo de Secretário-Executivo do Foro de São Paulo. Leciona Relações Internacionais na Universidade Federal do ABC.

Guilherme de Oliveira Estrella –  Geólogo que chefiou a equipe descobridora do petróleo no pré-sal. Formado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, ingressou na Petrobras em 1965, e diretor de Exploração e Produção, responsável por fomentar projetos a serem realizados por universidades do Brasil e do exterior. Foi gerente de Exploração da Braspetro no Iraque. Fez parte do Conselho do Comitê de Dirigentes de Centros de Pesquisa e Desenvolvimento da Associação de Empresas Petrolíferas Estatais da América Latina (ARPEL). Conselheiro do Clube de Engenharia.

Alan Paes Leme Arthou – Contra-Almirante, engenheiro naval, é graduado em Ciências Navais pela Escola Naval e em Engenharia Naval pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), onde também fez mestrado. Pós-graduado em Projeto de Submarinos pela IKL-Alemanha. Foi gerente executivo do Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear da Marinha (Prosub). Atuou como diretor do programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Nuclear do Ministério de Ciência e Tecnologia. Detentor de treze condecorações militares e civis.

Luis Manuel Rebelo Fernandes – É professor do Instituto de Relações Internacionais da PUC-RJ e do Instituto Rio Branco do Ministério das Relações Exteriores (MRE). Foi diretor da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) e também secretário-executivo do Ministério da Ciência e Tecnologia. Presidiu a Finep. Foi também secretário-executivo do Ministério do Esporte. Graduado em Relações Internacionais pela Georgetown University, com mestrado e doutorado em Ciência Política pelo Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (Iuperj). Atua em Economia Política das Relações Internacionais.

Fernando Brito – Jornalista, edita o Blog Tijolaço, um dos mais acessados no país, assim batizado em homenagem aos textos publicados pelo ex-governador Leonel Brizola. Trabalhou em O Globo, Tribuna da Imprensa e Última Hora, no final dos anos 70 e início dos 80. Assessor de Imprensa de Brizola entre 1982 e 2004, ano da morte do político gaúcho. Escolhido o Jornalista do ano, em 2015, pelo blog do Mello.

Mesa 2 – 14h00 às 18h00
Exploração e uso dos recursos naturais

Vicente Andreu Guillo – Diretor-presidente da Agência Nacional de Águas (ANA) é bacharel em Estatística pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Foi secretário de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano (SHRU) do Ministério do Meio Ambiente, e secretário municipal de Planejamento, Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente da Prefeitura de Campinas. Presidiu a Usina Termelétrica Nova Piratininga Ltda. e a Sociedade de Abastecimento de Campinas (Sanasa). Funcionário de carreira da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL), foi diretor do Sindicato dos Eletricitários de Campinas.

José Sérgio Gabrielli de Azevedo – Foi diretor Financeiro e de Relações com Investidores da Petrobras, depois presidente da empresa e dos Conselhos de Administração da Transpetro, Petroquisa e Gaspetro. Na sua gestão, a estatal descobriu petróleo na camada pré-sal; e conquistou a autossuficiência em petróleo para o país. Foi professor titular de Macroeconomia e diretor da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação da UFBA. Graduado, com mestrado em Economia, pela Universidade Federal da Bahia, e pós-doutorado na London School of Economics and Political Science, Inglaterra.

Asher Kiperstock – Coordenador da Rede de Tecnologias Limpas (Teclim), da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Professor associado da Escola Politécnica da UFBA e consultor ad-hoc da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb). Engenheiro civil pelo Technion, Instituto Tecnológico de Israel, MPhil e PhD em Engenharia Química e Tecnologias Ambientais pela University of Manchester Institute of Science and Technology, e pesquisador do CNPq.

Miguel do Rosário – Jornalista, formado em Comunicação Social pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj). Trabalhou 15 anos como jornalista especializado em café, e depois passou a fazer análise de mídia e política, ao longo de mais de dez anos, escrevendo para o blog Óleo do Diabo. Desde 2011, edita o blog O Cafezinho.

 

********************

I Simpósio SOS BRASIL SOBERANO
Contra a crise, pelo emprego e pela inclusão
Dia: Sexta-feira, 31 de março de 2017
Hora: 9h às 17h
Local: Auditório da Faculdade Mackenzie, Av. Rio Branco 277 – 3º andar
Palestrantes/Debatedores

Cerimônia de Abertura – 9h às 9h30
. Olímpio Alves dos Santos (coordenador da mesa)
– Presidente do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ)
. Clovis do Nascimento
– Presidente da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge)
. Chico Teixeira –
Professor titular de História Moderna e Contemporânea/UFRJ, professor do CPDA/UFRRJ
. Pedro Celestino –
Presidente do Clube de Engenharia
. Marcelo Rodrigues –
Presidente da Central Única dos Trabalhadores CUT/RJ
. Newton Augusto Cardoso de Oliveira –
Coordenador-geral de Pós-Graduação da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Rio

Mesa 1 – 9h30m às 13h
Emprego e Processo Produtivo

. Márcio Pochmann (Unicamp) – Economista. Foi supervisor do Escritório Regional do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) no Distrito Federal. Foi Secretário Municipal do Desenvolvimento, Trabalho e Solidariedade no governo Marta Suplicy (SP). Atualmente é professor livre docente da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Tem experiência na área de Economia, com ênfase em Economia Social e do Trabalho.

. Roberto Amaral – Bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais pela Universidade Federal do Ceará. É professor adjunto (licenciado) da PUC/RJ e titular da Faculdade Hélio Alonso. Político, um dos fundadores do Partido Socialista do Brasil (PSB), do qual foi secretário-geral e presidente. Foi ministro de Ciência e Tecnologia no primeiro governo Lula. Articulista, assina inúmeros textos na imprensa de todo o país. Também é autor de mais de 30 livros sobre direito, política, segurança nacional e ciência e tecnologia. É um dos idealizadores da Frente Brasil Popular.

. Jandira Feghali – Médica, política, deputada federal pelo PCdoB. É autora da lei que garante a cirurgia reparadora de mama, em casos de câncer, por meio de planos e seguros de saúde, e da Emenda Constitucional que permite o duplo vínculo dos profissionais de saúde. Foi coordenadora da bancada feminina no Congresso Nacional (1998/2004) e também vice-presidente da Frente Parlamentar da Saúde.

. Alan Paes Leme Arthou – Contra-Almirante,  graduado em Ciências Navais pela Escola Naval e em Engenharia Naval pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP), onde também fez mestrado em Engenharia Naval. Pós-graduado em Projeto de Submarinos pela IKL (Alemanha). Foi gerente no Programa de Desenvolvimento de Submarino com Propulsão Nuclear da Marinha. Atuou como diretor do Programa de Desenvolvimento Científico e Tecnológico Nuclear do Ministério de Ciência e Tecnologia, encarregado de vários projetos para a Marinha nos últimos 35 anos. Detentor de seis condecorações militares e sete civis, como o Prêmio Destaque nos 40 anos do Programa de Engenharia Naval Oceânica, da COPPE/UFRJ.

. Luis Nassif – Jornalista, mineiro de Poços de Caldas, seu blog  GGN é um dos mais acessados do país. Em 1986 ganhou o Prêmio Esso de Jornalismo, com a reportagem “O Plano Cruzado”, no jornal Folha de S. Paulo, onde assinou coluna econômica e política durante muitos anos. Ganhou três vezes o Prêmio de Melhor Jornalista de Economia da Imprensa Escrita do site Comunique-se, e o Prêmio iBest de Melhor Blog de Política. Em 1985 criou o próprio programa na TV Gazeta de São Paulo: “Dinheiro Vivo”. A partir daí, nasceu a Agência Dinheiro Vivo, de economia e negócios. Autor de dois livros, também é compositor, bandolinista e pesquisador de choro.

. Olímpio Alves dos Santos (mediador) – Presidente do Sindicato dos Engenheiros no Estado do Rio de Janeiro (Senge-RJ)

Mesa 2 – 14h às 17h30m, com intervalo para o café
Estado, Emprego e o Setor de Serviços
Retomada dos programas de prevenção de endemias, Educação, Saúde das famílias, reflorestamento, e demais ações induzidas.

Palestrantes/Debatedores
. Carlos Lessa – Economista, professor da UFRJ, ex-presidente do BNDES no primeiro governo Lula, e reitor da UFRJ em 2002. Foi professor no Instituto Rio Branco do Itamaraty, na CEPAL e no ILPES da ONU, no Instituto para Integração da América Latina, na Universidade do Chile, na Unicamp e na Faculdade de Economia da Universidade Federal Fluminense. Como economista da Cepal, escreveu sua obra mais conhecida, Introdução à economia – uma abordagem estruturalista, em colaboração com Antonio Barros de Castro.

. Fernando de Araújo Penna – Professor adjunto da Faculdade de Educação da Universidade Federal Fluminense (UFF), no Departamento de Sociedade, Educação e Conhecimento. Doutor em Educação pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, e com graduação em História pela mesma instituição. Tem experiência nas áreas de História e Educação – ensino, didática e teoria da história, história do currículo e das disciplinas escolares. Atualmente coordena o Laboratório de Ensino de História da UFF e encabeça o movimento contra a ‘Escola sem partidos’.

. Alessandro Molon – Professor, tem mestrado em História pela Universidade Federal Fluminense (UFF) e graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ). Político, deputado federal, filiado à Rede Sustentabilidade. Foi o relator e principal articulador do Marco Civil da Internet.  Como deputado estadual, durante oito anos, na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro, ficou conhecido por sua defesa dos direitos humanos e pela fiscalização do Executivo e das ações da própria casa legislativa.

. Glauber Braga – Bacharel em Direito, deputado federal – PSOL/RJ. Foi relator da Comissão Especial de Medidas Preventivas diante das Catástrofes Climáticas. O seu relatório gerou a primeira Lei Nacional de prevenção e resposta a desastres naturais: o Estatuto de Proteção e Defesa Civil. Em 2013, estava entre os 20 melhores parlamentares destacados pelo Prêmio Congresso em Foco e na lista do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar/DIAP. Por dois anos consecutivos foi citado, em pesquisa divulgada pelo Portal Uol, como o deputado federal que melhor utiliza a internet como ferramenta de prestação de contas. Em 2014 assumiu a presidência da Comissão de Educação na Câmara de Deputados.

. Marcelo Auler – Jornalista. Trabalhou na Rádio Globo, O Globo, Pasquim, Jornal do Brasil, Folha de S. Paulo, O Dia, IstoÉ, Carta Maior, Carta Capital, entre outros. Foi assessor para assuntos comunitários no governo Franco Montoro (SP); assessor de imprensa da Dataprev e da Comissão Estadual da Verdade do Rio de Janeiro (2013). Participou da segunda edição do livro Enjaulados – Presídios, Prisioneiros, Gangues e Comandos (Ed Gryphus).

. Clovis do Nascimento (mediador) – Presidente da Federação Interestadual de Sindicatos de Engenheiros (Fisenge)