Categoria: Artigos e documentos

Guilherme Estrella: por uma “ruptura radical” para anular os atos do atual governo

Para superar a “tragédia” que abateu o Brasil, o geólogo Guilherme Estrella, um dos responsáveis pela descoberta das reservas de petróleo no pré-sal, acredita que será preciso uma “ruptura radical”, que permita anular os atos do atual governo. Ao contrário dos que dizem que o país está “sem projeto”, ele vê um propósito firme na gestão Temer: submeter a nação ao papel de fornecedora de matérias primas e energia para os países ricos. Confira abaixo o artigo na íntegra.

Leia mais »

11º Congresso Nacional de Sindicatos de Engenheiros aprova Carta de Curitiba, em defesa da soberania nacional

O 11 º Consenge, o maior da história da categoria, aprovou a Carta de Curitiba, a favor da defesa dos direitos dos trabalhadores e da soberania nacional. Os cerca de 300 participantes do congresso alertam, ainda, para a ameaça de desemprego estrutural prevista para a Indústria 4.0, modelo de produção baseado na automação intensiva.

Leia mais »

A Esquerda e a Democracia: hoje e em 2018

Doutor em História, o professor da PUC-Rio Pedro Muñoz analisa os desafios da esquerda no Brasil e os riscos que cercam o país até 2018. “Se houver eleição em 2018 (Vladimir Safatle acredita que não vai haver), ela será uma guerra”, escreve. Confira aqui o artigo na íntegra.

Leia mais »

Resolução da CTB-RJ faz balanço e crise e defende frente ampla

Resolução tomada durante reunião da Diretoria Plena da CTB Rio de Jarneiro, no dia 1º de setembro, faz um balanço em 24 itens da crise no país e no Estado. A entidade defende a construção de uma frente ampla de debates com setores democráticos e populares. “Vamos tomar as ruas e defender a classe trabalhadora que não pode pagar por uma crise que não é dela”, afirma o documento.

Leia mais »

Vitória da mobilização popular assegura soberania nacional na Amazônia

O Governo Temer, em um ano de poder, sabe que fracassou em seus objetivos econômicos e que não possui qualquer legitimidade: 93% de toda a população são contra seu governo, recorde de rejeição. No desespero de se apegar ao cargo – posto que a alternativa ao Palácio do Planalto é o Presídio da Papuda -, Temer busca apoio no grande capital internacional. Para agradá-lo, iniciou um selvagem processo de venda do patrimônio nacional, desde a Casa da Moeda até a própria Amazônia. Mas a mobilização da sociedade fez recuar o projeto de entrega da floresta. Editorial do SOS Brasil Soberano comemora a vitória e convoca à resistência permanente em defesa do país.

Leia mais »