Categoria: Artigos e documentos

Pastoral do migrante protesta contra visita do vice-presidente dos EUA ao Brasil

O Serviço Pastoral do Migrante Nacional junto com Serviço Pastoral do Migrante da  Arquidiocese de Manaus e Congregação Scalabriniana, religiosos e religiosas, manifestam indignação e tristeza com a “visita” do vice-presidente norte-americano Mike Pence, que representa um governo que constrói muros, separa crianças de seus pais e que pretende se apresentar ao mundo como “defensor de migrantes e refugiados”. Esse gesto do governo Trump está longe de ser humanitário e de preocupação com os direitos humanos, mas nos remete a uma política de controle e colonialismo constante dos EUA com a América Latina. (Leia a nota completa)

Leia mais »

Professores do Instituto de Economia da UFRJ criticam em nota política de preços dos derivados de petróleo

Um grupo de 21 professores do Instituto de Economia da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) divulgou nota criticando as as medidas do governo na área de petróleo e derivados, que resultaram num subísido à importação de diesel com recursos do Tesouro – ou seja – do orçamento federal destinado a atender as demandas da sociedade. Destacam que as medidas custarão R$ 13 bilhões aos cofres públicos até o final do ano, dos quais mais de R$ 3 bilhões serão gastos para subsidiar o diesel importado. “O ministro Guardia justificou essa medida econômica heterodoxa como necessária para preservar a competitividade do diesel importado”, sublinham, indignados.

Leia mais »

Comunicado oficial da Fisenge: Engenharia nacional e a greve dos caminhoneiros

“Vargas precisa desistir da Petrobras”. Esta frase foi proferida, em 1954, por Assis Chateaubriand, dono do maior conglomerado da mídia brasileira na época, o “Diários Associados”, que implementou ampla campanha contra o caráter estatal da empresa. Hoje, com 65 anos de fundação, a Petrobras vive uma de suas maiores crises. Isso porque, em outubro de 2016, o governo federal e o presidente da empresa, Pedro Parente, adotaram uma política de preços para os derivados sem proteção ao consumidor e, em junho de 2017, anunciaram reajustes diários nos preços. (…)É urgente o posicionamento da engenharia nacional pelo recuo da política de paridade internacional nos preços dos derivados. Também reivindicamos o aumento do volume de petróleo refinado em território nacional. ” Confira a nota da Fisenge.

Leia mais »

Sindicatos de jornalistas soltam nota de repúdio à indicação do porta-voz de Temer para o comando da EBC

Os sindicatos de radialistas do Distrito Federal, do Rio de Janeiro e de São Paulo acusam de ilegal e anti-ética a nomeaça do porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, para a presidência da Empresa Brasil de Comunicação. De acordo com os profissionais, a nomeação fere a Lei das Estatais (13.303/16), sua regulamentação e o próprio estatuto da EBC, em claro conflito de interesse. Desde o impeachment da presidenta Dilma, quando Michel Temer indicou o interventor Laerte Rímoli para a EBC, os sindicatos vêm apontando o aparelhamento da empresa pública de comunicação do país, com denúncias de censura direta ou direcionamento de conteúdo. Por exemplo, quando a direção exigiu que a cobertura do Fórum Mundial da Água fosse favorável a um dos patrocinador do evento, a Agência Nacional de Águas (ANA), conforme contrato fechado sem licitação no valor de R$ 1.799.750,93, para divulgação das atividades do fórum. 

Leia mais »

Carta aberta do Conselho Federal de Economia denuncia Estado de exceção no país

O Conselho Federal de Economia (Cofecon), autarquia responsável pela fiscalização profissionais de 230 mil economistas e composta por 18 conselheiros federais, divulgou carta aberta em que aponta o Estado de exceção do país. De acordo com a entidade, os brasileiros e brasileiras devem reagir contra o projeto em curso que têm por objetivo desnacionalizar o controle de riquezas estratégicas para o  desenvolvimento, como o pré-sal, e eliminar os “parcos benefícios sociais” conquistados pelos cidadãos. A carta do Cofecon também critica a manifestação do comandante do Exércio, Eduardo Villas Bôas em rede social às vésperas da votação do pedido de habeas corpus para o presidente Lula. Leia a nota na íntegra.

Leia mais »

Convocação para ampliação da resistência contra a ilegalidade da ordem de prisão contra o ex-presidente Lula e não dispersão das forças populares

“Conclamamos as forças populares e progressistas a continuar em permanente vigília e a ampliar as formas legítimas de resistência, pois esta é a grande oportunidade para retomarmos a democracia no Brasil e impedir o prosseguimento das iniquidades promovidas contra os direitos sociais e a soberania do país, implantadas após o indevido afastamento da legítima Presidente Dilma Rousseff da Presidência da República.” Leia na íntegra nota oficial do SOS Brasil Soberano.

Leia mais »