Categoria: Artigos e documentos

Artigo de Jorge Folena – O sequestro das nações e das mentes

O advogado constitucionalista e cientista político Jorge Folena analisa o sequestro do Estado pelo capital financeiro, a serviço do grupo que compõe o 1% dos mais ricos do mundo. “O jornalista Andy Robinson, em seu livro ‘Um repórter na montanha mágica’ (Editora Apicuri, 2015), revela de que forma os integrantes do exclusivo clube dos ricos de verdade comandam a política universal, a partir da gelada Davos, e patrocinam a destruição de nações inteiras para alcançar seus objetivos econômicos particulares”, escreve. Confira o texto na íntegra.

Artigo de Francisco Teixeira – Não se engane: é Primavera no Brasil!

Para o historiador, acontece no Brasil uma guerra de novo tipo: “uma guerra sem guerra, ou seja, uma guerra que usa meios não bélicos para destruir, solapar, aniquilar a capacidade do adversário. Assim, utilizando-se de modernos meios tecnológicos – mídias digitais, propaganda massiva, formação de quadros de elite em universidades estrangeiras, sistemas de estágios e bolsas de estudos em centros de treinamento, entre outros – , arma-se uma elite para atuar a serviço, consciente ou inconscientemente, desse poder estrangeiro.” Confira a íntegra.

PGR denuncia Michel Temer: a República à margem da lei

Até quando os brasileiros vão aceitar um governo que os envergonha e ataca? A pergunta foi feita pelo historiador Francisco Teixeira, em artigo contra Michel Temer, que está sugando as energias vitais do país. “Já não se trata de ser PT ou tucano, de centro, de direita ou de esquerda, muito menos do humor, ou da ofensa, de dizer esse ou aquele “coxinha” versus “mortadela”! Trata-se, isso sim, da honra da República e da dignidade maior do cargo, da simbologia e dos ritos que envolvem a Presidência da República de um país como o Brasil. Trata-se do orgulho da gente brasileira. (…)” Confira o texto completo.

A crise e os quatro campos da política

Artigo do historiador Francisco Teixeira analisa as forças em disputa no país: políticos, campo jurídico-midiático, rua e movimentos sociais, e os militares. “Não resta muita dúvida de que a crise que vivemos, desde as “Jornadas de 2013”, é a maior da História da República. A soma dos seus aspectos econômicos, sociais – o devastador número de desempregados, subempregados e desalentados em busca de uma posição de trabalho, que hoje em conjunto atinge cerca de 21 milhões de pessoas – e os aspectos institucionais desembocaram numa crise sem precedentes na História contemporânea do país.”

Marcado na testa como gado

Em artigo no blog do jornalista Marcelo Auler, o psiquiatra e psicanalista Régis Eric Maia Barros analisa o recente episódio em que um jovem foi marcado na testa como gado. “Nos últimos dias, eu me lembrei de um querido professor o qual foi muito importante na minha formação em psiquiatria e psicoterapia. Ele, assim, afirmava: ‘nada que advém do ser humano pode ser considerado bizarro, pois tudo é possível’. Com essa reflexão, ele tentava provar que o ser humano é capaz de tudo. Ele estava certo. De fato, nada mais é capaz de me assustar. Nada mais me causa espanto, visto que, enquanto espécie, nós somos aptos a realizar os comportamentos mais dantescos. Inclusive, até mesmo, aqueles que nós julgamos impossíveis de realizarmos.”

Featured Video Play Icon

Conheça as 10 medidas do Programa Popular Emergencial

O Programa Popular Emergencial, elaborado pela Frente Brasil Popular, será lançado no Rio de Janeiro no próximo dia 12 de junho, às 18h, na Galeria dos Empregados do Comércio, na Avenida Rio Branco, 116, no Centro. As propostas têm o objetivo de restabelecer a ordem constitucional democrática, defender a soberania nacional, enfrentar a crise econômica, rever o desmonte do Estado e salvar conquistas históricas dos trabalhadores. Conheça aqui as suas dez principais medidas.